10/06/2019

Vinho tinto francês de aromas doces e bem fácil de beber!

Categoria:  Degustação, Entre R$ 100 e R$ 200, Importado, Vinho Tinto

Por: Tamine de Moraes
Bergerie L'Hortus Classique

Bergerie de l’Hortus Classique, 2017– Domaine de l’Hortus, Languedoc/França

A primeira vez que ouvi falar da de la Croix foi num artigo bem antigo do crítico Jonathan Nossiter para O Globo. Na época, dei uma boa olhada no catálogo online da importadora e encontrei diversas opções de vinhos produzidos de forma orgânica e biodinâmica.

Ao encontrar a loja física da de la Croix aqui em São Paulo, acabamos descobrindo que eles promovem degustações aos sábados. Ou seja, além de conhecer os vinhos, você acaba confraternizando com as pessoas e fica por dentro do trabalho dos produtores parceiros da importadora. Nós já fomos ao local 2 vezes e, na última, saímos de lá com 2 vinhos. Um deles é este tinto da Domaine L’Hortus que, por acaso, estava na degustação. Trata-se de um blend de Syrah, Grenache e Mourvèdre que vem lá do sul da França.

Decidimos degustar a nossa garrafa fora de casa e achamos uma pizzaria paulistana perfeita para a ocasião: Pizzaria d’A Queijaria.

Ao chegarmos no local, um pouco antes dos pratos chegarem, resolvemos fazer uma breve análise do vinho. Eis as impressões: é um tinto bem aromático, com notas de framboesa madura, um quê floral, herbal e uma nota balsâmica sutil. Ele é seco, relativamente persistente, com taninos finos e com uma boa acidez. A princípio, sentimos um leve amargor, talvez por conta dos taninos ainda serem jovens. É um vinho que pode ser guardado por até 6 anos, mas para o nosso gosto, já está pronto para beber!

Vale a pena conferir a ficha técnica para mais detalhes.

No geral, é um vinho de aromas doces e de sabor agradável. Ele é macio, fácil de beber e, por conta das suas características, combina com uma boa variedade de pratos e de lanches.

Apesar de beber o vinho ao lado de uma bela entrada (Dobradinha – massa, molho fresco, queijo cremoso e manjericão), focamos a análise nas pizzas. Teve a São Roque (molho de tomate fresco, alfavaca e queijo canastra) e a Quetichupe (com queijo cremoso, 4 tipos de tomate, brotos de alfafa e rabanete orgânicos). Ficou bem gostoso com a primeira opção, mas surpreendeu muitíssimo com a segunda, sobretudo quando vinha um belo pedaço de tomate verde no garfo! Perfeito!

Bergerie de l'Hortus Classique
Bergerie de l'Hortus Pic Saint Loup 2017
Harmonização vinho tinto pizza
Harmonização tinto pizza

O vinho custou R$109,00 e é vendido nas lojas virtual e física da empresa. Vale a pena visitá-los para trocar uma ideia e, claro, sair de lá com algumas garrafas na bolsa.

Se você estiver em busca de outros vinhos importados clique aqui.

E se você já experimentou o Bergerie de L’Hortus Classique 2017, avalie aqui embaixo.

Compraríamos novamente?
Faixa de preço:
Entre R$100 e R$200

Conhece este vinho? Avalie!
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
(Esse vinho ainda não foi avaliado)
Loading...

Sobre o Blog

Seja bem-vindo ao nosso blog de vinhos! Um apanhado de boas histórias para quem curte essa belíssima fonte de prazer e de cultura que é o vinho!

Categorias