24/01/2018

A temperatura do vinho

Categoria:  Dicas e links

Por: Vitrine dos Vinhos
Temperatura do vinho

Já perdemos as contas de quantas vezes ouvimos alguém perguntar “em qual temperatura eu devo servir um vinho tinto?”. Tem outras questões parecidas com essa, como “posso beber o vinho gelado?” ou “vinho tinto tem que ser servido em temperatura ambiente?”.

Bom, a temperatura, sem dúvida, influencia muito na hora de beber um vinho. Não é uma questão de frescura, até porque existem milhares de bebidas por aí e cada qual tem uma temperatura-base ou padrão para ser servida e bebericada.

Há muitos especialistas, inclusive, que defendem ser fundamental observar a “temperatura correta” para aproveitar melhor as características do vinho. O problema é que existem muitas tabelas e com as mais diferentes possibilidades de temperatura para todo e qualquer tipo de vinho, o que torna o assunto muito mais difícil e confuso para quem não tem o hábito de bebê-lo.

Antes das críticas, porém, decidimos falar um pouco sobre a temperatura dos vinhos brancos e dos tintos, para ajudar aqueles que estão na dúvida!

No geral, a temperatura de serviço desejável para os vinhos brancos é em torno de 10°C. Muito acima disso, eles podem se tornar difíceis de serem bebidos, já que a sua acidez pode ficar muito evidente. Se estiverem muito frescos, os aromas não serão facilmente sentidos e nem o seu sabor poderá ser apreciado direito, já que a baixa temperatura anestesia as papilas gustativas.

Por isso, o que se indica é deixar os vinhos brancos meia hora em um balde de gelo ou, no máximo, 1h30min na geladeira antes de servi-lo.

Os vinhos tintos, por sua vez, costumam ser melhor apreciados em torno dos 20°C. Se servidos em uma temperatura muito mais alta podem acentuar o álcool e ficarem desagradáveis. Muito frescos, porém, podem ressaltar o amargor e você terá dificuldades de sentir os aromas e o sabor.

Por isso, a indicação seria deixá-lo em um balde com água gelada ou de 20 a 30 minutos na geladeira antes de servi-lo.

Mas o mundo dos vinhos não é composto somente de brancos e tintos, certo? Temos os rosés, os espumantes, os licorosos…

Nós, particularmente, verificamos os seguintes marcos:

  • vinhos tintos encorpados: 18°C;
  • vinhos tintos de corpo médio: 14-16°C;
  • vinhos tintos licorosos e fortificados em geral: 14°C;
  • vinhos tintos leves e vinhos brancos robustos: 12-14°C;
  • vinhos brancos secos de corpo médio e vinhos rosés: 10-12°C;
  • vinhos brancos secos leves: 8-10°C; e
  • espumantes e vinhos brancos doces: 6-8°C.

A par de todas essas temperaturas, eis as nossas recomendações: veja cada um desses marcos como mera referência. Não vire refém de padrões ou de termômetros! O vinho é uma bebida feita para você apreciar de acordo com os seus gostos, o que significa que a sua sensibilidade e o seu prazer podem estar alguns graus acima ou abaixo do que se entende como padrão.

Aliás, essa é a razão de haver tantas tabelas de temperaturas diferentes na internet, nos livros e nos manuais: cada especialista propõe o que considerada ideal para si, mas a perspectiva do “ideal” jamais será unânime!

Não negamos as temperaturas de serviço de um vinho, mas, ao considerar todas as particularidades que envolvem os gostos, os lugares e até a temperatura ambiente, preferimos encará-las como uma orientação. No artigo Vai abrir um vinho? Veja 5 dicas para apreciá-lo ainda mais!, deixamos claro que o nosso termômetro oficial é a boca. É isso que nos ajuda a decidir se vamos deixar o vinho mais 10 minutos no balde de gelo ou não.

E você? Como você gosta de beber o seu vinho? Compartilhe conosco!



Sobre o Blog

Seja bem-vindo ao nosso blog de vinhos! Um apanhado de boas histórias para quem curte essa belíssima fonte de prazer e de cultura que é o vinho!