26/12/2018

Um feliz natal ao lado deste espumante delicioso!

Categoria:  Degustação, Entre R$ 50 e R$ 100, Espumante, Nacional

Por: Tamine de Moraes
Espumante LH Zanini Extra Brut

LH Zanini Espumante Extra Brut 2015– Vallontano, Vale dos Vinhedos/Brasil

No mundo dos vinhos, o espumante também é uma opção bem democrática! Há secos, adocicados e doces, mais ou menos ácidos, mais ou menos encorpados, mais ou menos caros! Estilos Nature, Extra Brut, Brut, Demi-sec e Doce são produzidos dentro e fora do Brasil e podem ser consumidos o ano todo, sem restrição!

Ao falar de espumantes, infelizmente, duas questões sempre vêm a mente. A primeira é que a grande parte dos brasileiros só se lembra dos espumantes no final de ano. Não acho que seja por uma questão de gosto, já que tem opção para todo o tipo de bolso e de paladar. A falta de costume é a razão que justifica melhor o fato desses vinhos, tão perfeitos para o calorão brasileiro, serem rapidamente esquecidos depois de dezembro.

A segunda questão é que, na hora das compras, os espumantes importados quase sempre ganham na queda de braço. Parece que quanto mais difícil for a pronúncia do vinho e quanto mais europeia for a sua origem, melhor será o investimento. Neste ano eu tive a oportunidade de provar alguns Cavas, Proseccos e até alguns Crémants da Borgonha, boa parte na faixa dos R$200. Apesar de alguns serem gostosos, não valiam esse preço e mais: não eram melhores do que muitos exemplares brasileiros que já tive a chance de experimentar!

Veja o caso: este espumante é da Vallontano Vinhos Nobres e foi o escolhido para a ceia de natal! Balde de gelo à mesa, esperamos pacientemente até o vinho alcançar a temperatura de serviço desejada. Servimos as taças e apreciamos os primeiros goles com atenção. As impressões foram as seguintes: trata-se de um espumante branco, com boa perlage – bolhas finas e persistentes – e bem aromático – notas de frutas brancas tropicais maduras e de brioche. Ele é bem seco, de corpo médio, cremoso e com uma bela acidez!

O método empregado é o tradicional ou champenoise e, para ver detalhes técnicos, clique nesse link!

É um espumante excelente, de aromas mais doces e suaves que até enganam o paladar, já na boca ele bem seco! Esse contraste de sensações é bastante interessante e vale a pena fazer sempre! Como já foi dito algumas vezes nesse blog, somos fãs incondicionais de espumantes secos e mais ácidos e, por isso, esse vinho nos agradou muito! Ele é macio e delicado e é graças as suas características prazerosas que o bebemos sem qualquer esforço!

Bom, depois da degustação, nós o harmonizamos com 2 pratos: a entrada – bruchettas de queijo boursin com tomates cerejas, azeitonas pretas e manjericão fresco – e o principal – capelloni de pato com molho de ervas lá do Mesa III. Ambos combinaram perfeitamente! No caso das bruschettas, o pão de fermentação natural destacou os aromas de brioche do vinho e, ao lado do prato principal, a bebida limpou o nosso paladar da untuosidade da massa sem que os sabores deixassem de se equilibrar.

LH Zanini Espumante Vallontano
Espumante ceia de natal
Harmonização espumante bruschetta brusqueta
Harmonização espumante massa

Esse vinho é delicioso e tem um ótimo custo-benefício. Nós já o compramos duas vezes na Mistral, inclusive. Na primeira vez por R$99,50 e, na segunda, por R$ 84,58. Esse último é o preço atual, segundo uma pesquisa recente.

Se você é fã desse estilo de vinho e quer conhecer mais sobre a qualidade dos produtos nacionais, fica a dica!

Aproveite para conferir outros espumantes que já passaram por aqui. E se você já experimentou o LH Zanini Extra Brut, conte para nós!

Compraríamos novamente?
Faixa de preço:
R$50-R$100

Conhece este vinho? Avalie!
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
(1 votos | Média: 5,00)
Loading...

Sobre o Blog

Seja bem-vindo ao nosso blog de vinhos! Um apanhado de boas histórias para quem curte essa belíssima fonte de prazer e de cultura que é o vinho!