09/08/2021

Que tal um Chardonnay pra embalar seu inverno?

Categoria:  #publi, Degustação, Entre R$ 100 e R$ 200, Importado, Vinho Branco
Por: Tamine de Moraes
Champagne Vollereaux

Não vejo sentido nos tais vinhos de verão ou vinhos de inverno. Vinho não tem estação. Acredito que só seja possível pensar em algo do gênero se, por um instante, a gente deixar de olhar pros vinhos e começar a pensar na sazonalidade das comidas.

Enquanto no verão reinam os frutos do mar, os frangos grelhados e as saladas coloridas, no inverno a gula é pelas massas, pelos queijos e ensopados.

Pois, pra cada um dos pratos citados existe um perfil de vinho que se encaixa melhor. E ainda que se escutem histórias sobre um pessoal que vai pra praia e pede Tannat pra parear com ostra, é sabido que tem coisa que combina e tem coisa que simplesmente arruína a experiência.

Portanto, se os pratos de inverno costumam ser mais saborosos, gordurosos e suculentos, os tais vinhos de inverno precisariam ter mais complexidade, mais corpo e texturas mais firmes pra parearem melhor com a comida.

Partindo dessa ideia e entrando na história do post, pergunto: qual é o pecado mais popular no inverno? Pra mim, é o fondue. Brasileiros têm um caso sério com fondue. E não só por aqueles de queijo, carne e chocolate: tem uma dúzia de receitas no Google, como fondue de leite Ninho, doce de leite, vegano, nutella, entre outras surpresas.

Resolvi homenagear essa criatividade toda e celebrar o meu inverno com um previsível e saboroso fondue de queijo. Pra coroar esse pecado, a Portus Cale me enviou o Bacalhôa Chardonnay 2019 que foi a estrela da noite.

Chardonnay Bacalhoa

Já falei um pouco sobre a Bacalhôa Vinhos de Portugal nesse link aqui. Ela é uma das maiores empresas em Portugal e tem uma história de expansão muito próspera. De 1998 pra cá, investiu na aquisição de novas propriedades, na modernização de técnicas e estruturas e na diversificação do catálogo. Ocupa uma forte posição no mercado nacional e internacional.

Quem traz o vinho é a Portus Cale, importadora que é especialista na importação de marcas portuguesas e que conta com uma linha de rótulos tradicionais, veganos, em lata e Kosher.

A importadora fornece a ficha técnica do Bacalhôa Chardonnay 2019 e descreve que a uva teve uma maturação lenta, originando características minerais, florais e um ótimo balanço em acidez natural. Destaca a fermentação e a maturação integral de 71% do vinho em barricas novas de carvalho francês, além da batonnage pra dar uma maior complexidade de aromas e sabores. Engarrafado em abril de 2019, o vinho apresenta cor amarela pálida, com reflexos esverdeados, um aroma rico de frutos amarelos, como o pêssego e o ananás, com notas tostadas e abaunilhadas. Na boca, traz frutas amarelas combinadas com madeira e uma franca acidez, resultando num final cheio e persistente.

Impressões: é um vinho branco frutado e que logo traz o abacaxi maduro à mente. Além da fruta, dá um passeio pelas notas frescas de alecrim e traz intensos aromas amanteigados e tostados. Ele é seco, de médio corpo, com uma acidez média e um final longo.

Ele é correto e fácil de agradar o paladar dos que curtem vinhos com passagem pela barrica. É agradável, redondo, traz um bom volume de boca e uma sensação amadeirada que persiste no retrogosto. Por fim, é uma opção bacana pra combinar com vários pratos do dia a dia (no inverno e no verão!).

champagne frutos do mar

Por aqui, rolou o tal fondue com base nos queijos Estepe e Gruyère e que foi todinho feito do zero. A cada mergulho dos cubinhos de pão de fermentação natural, vinha a confirmação de que a harmonização foi perfeita. O vinho mostrou que tem estrutura pra parear com uma comida substanciosa e intensa. Por fim, o prato ganhou uma companhia à altura – ou foi o vinho ganhou um prato à altura.

O Bacalhôa Chardonnay 2019 sai por R$199 no site da Portus Cale – confira nesse link.

Outras degustações desse blog? É só clicar aqui.

E se você já experimentou o Bacalhôa Chardonnay 2019, avalie aqui embaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
(Esse vinho ainda não foi avaliado)
Loading...


Categorias